Vereadores querem interditar Aeroporto de Guarulhos por falta de AVCB

Vereadores querem interditar Aeroporto de Guarulhos por falta de AVCB

Nesta terça-feira, 22/10, a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara Municipal de Guarulhos obteve a confirmação de que há irregularidades nos três Autos de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos. Segundo representantes do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo que participaram da reunião da CEI, o AVCB do Terminal 1 expirou em abril de 2019 e não foi renovado; a validade do AVCB do Terminal 3 venceu em agosto de 2019; e o AVCB do Terminal 2 nunca foi emitido.

O edifício garagem é o único que possui AVCB, com validade até março de 2021. Aproximadamente 3,5 milhões de passageiros embarcam e desembarcam mensalmente no Aeroporto Internacional.

Segundo o major do Corpo de Bombeiros Adriano Martins, o aeroporto é uma edificação tão complexa quanto uma cidade, por isso é feito um esforço para evitar a interrupção das atividades. Entretanto, a segurança é prioridade. “Qualquer falha na prevenção pode causar a perda de uma vida”, alertou. Hidrantes sem água e escadas obstruídas são alguns dos problemas verificados durante a vistoria, que analisou a execução das obras com base nos projetos técnicos.

O presidente da CEI, vereador João Dárcio (Podemos) afirmou que o Art. 40, do Decreto 63.911, criado em dezembro do ano passado pelo Governo do Estado de São Paulo, aumentou o poder de fiscalização dos bombeiros e autorizou, inclusive, a interdição das edificações que descumprirem as normas de segurança. Na próxima terça, 29/10, às 10h, será realizada uma nova reunião da CEI, para divulgar a data em que os vereadores de Guarulhos e os bombeiros farão uma diligência conjunta no aeroporto.

Fazer um comentário
Comentário
Nome
E-mail