PF prende italiano de 68 anos com 3.400 comprimidos abortivos no Aeroporto de Guarulhos

PF prende italiano de 68 anos com 3.400 comprimidos abortivos no Aeroporto de Guarulhos

A Polícia Federal (PF) prendeu dois passageiros no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, entre os dias 18 e 20 de outubro, identificados pela Receita Federal com medicamento de importação proibida e cocaína, dentro de suas bagagens.

Foram duas ações distintas. Na primeira ação, ocorrida na manhã da sexta-feira, 18/10, servidores da Receita Federal encontraram dentro da bagagem de um homem, nacional da Itália, de 68 anos de idade, 3.400 comprimidos de um medicamento abortivo, cuja importação é proibida.

A PF foi acionada e o passageiro conduzido à sede policial. O homem, que desembarcou de voo procedente de Madri, na Espanha, já teve, em viagem anterior ao País, outra grande quantidade de comprimidos, idênticos, apreendidos pela Receita Federal.

Uma brasileira, de 23 anos de idade, foi presa pela PF quando tentou embarcar para Lisboa, em Portugal, com mais de 4 Kg de cocaína oculta em fundos falsos, de suas malas. A droga foi localizada, no porão de bagagens despachadas, por servidores da Receita Federal, em fiscalização de rotina, com o auxílio dos aparelhos de raio-x. Os presos serão conduzidos ao presídio estadual onde permanecerão à disposição da Justiça.

Fazer um comentário
Comentário
Nome
E-mail