Jovem morto após briga em escola é enterrado ao som do próprio funk

Jovem morto após briga em escola é enterrado ao som do próprio funk

Morto após uma briga na Escola Estadual Bom Pastor II, no Recreio São Jorge, Kauan Santos, que havia completado 18 anos recentemente, foi velado e enterrado no cemitério da Vila Rio na manhã desta quarta-feira, 25/09.

Mais de 100 pessoas, entre amigos e parentes, despediram-se do jovem com muito choro, emoção e cantoria. Na hora do enterro, todos entoaram um funk composto pelo próprio Kauan, que, nas redes sociais, também era conhecido como MC Kauan ZN, de acordo com o seu próprio perfil no Facebook. “Ele sempre cantava esta música para nós”, disse um dos amigos que cantou a canção com batidas de palmas.

Emoção
A morte repentina do jovem deixou sua mãe abalada. Durante o velório, ela teve que ser amparada por outras pessoas que acompanhavam o momento. “Por que, Kauan? Por que fez isso comigo?”, gritava a senhora.

Muitos jovens e até uma criança choravam copiosamente. Quando o corpo deixou a sala do velório, os presentes deram uma salva de palmas, assim como na hora do enterro.

Morte
De acordo com o outro jovem envolvido na briga, Kauan passou mal após eles serem apartados em uma confusão ocorrida na escola, na tarde desta terça-feira, 24/09. O caso está sendo investigado pelo 9° DP.

A ocorrência foi registrada como morte suspeita – morte súbita. O jovem chegou a ser atendido pela UPA Paulista, onde não resistiu e morreu. A possível causa da morte atestada seria intoxicação exógena – por uso de drogas ilícitas – e infarto agudo no miocárdio. O corpo de Kauan está sendo velado no Cemitério da Vila Rio de Janeiro.

Em depoimento à polícia, o adolescente de 17 anos, que entrou em luta corporal com Kauan momentos antes da vítima passar mal e cair, afirmou que outros alunos da escola teriam afirmado que Kauan teria feito uso do entorpecente conhecido como “lança perfume” antes da briga.

Tags:
Fazer um comentário
Comentário
Nome
E-mail