Incêndio no Jardim Ipanema deixou mais de 60 famílias desabrigadas

Em razão do incêndio que atingiu a comunidade do Jardim Ipanema na tarde desta quinta-feira, 12, a Prefeitura de Guarulhos se solidariza e se mobiliza para auxiliar as famílias afetadas. Durante a ocorrência, o prefeito Guti cancelou toda a agenda e foi ao local para liderar as equipes da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec), Proguaru, Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, e Sabesp.

Segundo digulgado pela Prefeitura, não houve registros de vítimas graves. Também não há um número conclusivo de moradias atingidas pelo fogo. Estima-se que 60 moradias podem ter sido atingidas pelo fogo. “Não vamos construir em uma hora tudo o que foi destruído pelo fogo. Mas estamos empenhando todos os esforços para ampará-los. É uma força-tarefa”, disse Guti aos moradores da região.

Os desabrigados, que não tinham para onde ir, foram levados para o Clube do Parque Cecap.

Nesta sexta-feira, 13, a Secretaria Municipal de Saúde determinou que a UBS Vila Barros promova atendimento avançado às famílias atingidas, com apoio psicológico, na ONG Instituto de Cidadania Ipanema, localizada à rua Laranjeiras, 3 – Jardim Scyntila, que fica próximo à área atingida.

Em visita realizada no final de maio ao local, agentes da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) observaram uma grande quantidade de materiais inflamáveis no solo e nas residências, como plásticos, fitas cassetes, dvds, entre outros. A população foi alertada sobre os perigos dos produtos, principalmente durante a estiagem e temporada quente, e os cuidados necessários para evitar tragédias. A Secretaria Municipal de Habitação inclusive já realizou uma ação de cadastramento das moradias construídas em áreas irregulares para possíveis remoções, conforme Termos de Ajuste de Condutas firmados com a Justiça.

Fazer um comentário
Comentário
Nome
E-mail