Pai que matou a própria filha no Gopoúva é preso com o coautor do crime

Pai que matou a própria filha no Gopoúva é preso com o coautor do crime

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira, 17/01, os dois acusados de assassinarem a estudante Thamiris Gouveia Machado, de 21 anos

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira, 17/01, os dois acusados de assassinarem a estudante Thamiris Gouveia Machado, de 21 anos. O crime aconteceu no dia 14 de janeiro, no Gopoúva. A prisão temporária dos dois homens foi expedida pela Justiça e os mandados foram cumpridos por policiais de 1ºDP, responsáveis pelas investigações.

A polícia chegou até a dupla após análise de câmeras de monitoramento. A arma utilizada no crime foi apreendida e encaminhada para perícia. A Secretaria de Segurança Pública não divulgou os nomes dos detidos.

No dia do crime, a jovem estava em casa quando atendeu um chamado no portão, por volta das 15h30. A dupla teria disparado contra a estudante, que morreu no local.

Testemunhas afirmam que um dos homens é o pai biológico da vítima. O homem estaria foragido da Justiça após deixar o sistema prisional por conta de uma saída temporária no fim do ano e não ter retornado.

Thamiris e o pai biológico teriam uma relação conturbada. A jovem já teria sido ameaçada e agredida em outras ocasiões, mas não registrou boletim de ocorrência.

Tags:
Fazer um comentário
Comentário
Nome
E-mail